Muita, mas muita gente mesmo, procura o Terroir pra planejar sua viagem pelas vinícolas do Vale do São Francisco. Eis aqui o guia definitivo, escrito originalmente para a Wine Tourist Magazine e adaptado (com mais informações) para o blog. 

paula_theotonio_rio_sol_barricas

Mas antes, uma introdução.

O que têm de especiais os vinhos do Vale do São Francisco?

turistas_rio_sol

Nosso terroir é inusitado: o solo é rico em minerais, mas pobre em matéria orgânica. São 3.100 horas de sol por ano. A média anual de chuvas é de 400 mm. Estamos localizados às margens do único rio totalmente brasileiro, o Velho Chico; em meio à caatinga, com clima semiárido, no meio do Sertão – historicamente marcado pela pobreza. Não temos inverno como em outras regiões produtoras mais frias no mundo, só uma chuvinha no primeiro trimestre do ano. Por outro lado, não somos ameaçados pelas tempestades de vento ou de gelo.

uva_rio_sol

Sim, e daí? Daí que a maturação da uva acontece mais rapidamente e é possível colher até duas safras e meia por ano. Numa só área, você encontra uvas em diferentes estágios de maturação. Como diria o meu querido sommelier José Figueiredo, “é como ver as quatro estações do ano ao mesmo tempo. Uma enciclopédia viva de enologia”.

E apesar de estar quente e seco na maior parte do ano, as características organolépticas do vinho vão variando de acordo com a época. No primeiro semestre, quando as noites são mais geladas, as uvas têm mais tempo de maturar. Consequentemente, os vinhos são mais equilibrados e complexos. Os que são feitos com uvas do segundo semestre, com suas temperaturas mais altas e maturação mais rápida, são mais jovens e alcoólicos, com aromas e acidez elevados.

Lindo, né? <3

Quais são as uvas destaque no Vale?

Syrah e Tempranillo fazem os melhores vinhos tintos desta região. Varietais de syrah cultivados no Vale, inclusive, são apontados em estudos como os mais saudáveis do mundo pelos elevados níveis de resveratrol, um antioxidante que faz um bem enorme ao coração. Recentemente, o Rio Sol Winemaker’s feito com Alicante Bouschet, safra 2013, ganhou ouro no Brazil Wine Challenge. Bom ficar de olho 🙂 Já entre as brancas, destacam-se os rótulos feitos a partir de Chenin Blanc e Moscato Canelli.

Quero visitar as vinícolas do Vale. Como faço?

Não tem empresa alguma fazendo vinho em Petrolina ou Juazeiro. Sério, rs. As vinícolas ficam em Lagoa Grande/PE e Casa Nova/BA, municípios distantes cerca de 50 km e 65 km, respectivamente, da famosa conurbação. De carro e com o GPS ligado, dá pra chegar em todas as quatro tranquilamente.

VINÍCOLA SANTA MARIA/RIO SOL rio_sol_cactos

No lado pernambucano do Velho Chico, esta empresa produz as linhas Rio Sol, Paralelo 8, Rendeiras, Vinha Maria e Adega do Vale, além de importar rótulos portugueses. Pagando R$ 10, você pode passear pelos vinhedos, experimentar uvas viníferas maduras, visitar a adega lotada de barricas de carvalho e ao final, degustar dois tintos e um espumante das diversas linhas da empresa. Todo o passeio é guiado por experientes profissionais, como Josiane e Eldo, mas com muita sorte você também pode ser recebido pelo enólogo Ricardo Henriques ou pelo sócio-diretor da vinícola, o João Santos. Por R$ 90, você tem direito a tudo isso mais um almoço regional, com peixes e carneiro, além de um “open bar” dos rótulos premium. Essa recepção é feita na casa onde foram filmadas várias cenas da minissérie Amores Roubados, da Rede Globo.

rio_sol_vinicola_montagem

Você pode agendar esses passeios em todos os dias da semana, com saída às 9h ou às 14h. Considere ir nesse segundo horário pra garantir um lindo e romântico pôr do sol.

Contato/Agendamento: Fazenda Planaltino, Rodovia PE-574, Km 8 Estrada da Uva e do Vinho. Lagoa Grande/PE. Site: http://vinibrasil.com.br/2014/enoturismo/ (87) 3869.9410 (87) 3869 9385

VINÍCOLA BIANCHETTI bianchetti

Com uma história ligada ao pioneirismo da viticultura no Vale, a Bianchetti passou por uma reformulação nos últimos anos e tem apostado em vinhos e sucos biodinâmicos e orgânicos, certificados pela IBD e IFOAM; além de espumantes e caldo de cana integral (!). A produção não ultrapassa 50 mil litros por ano. Embora haja a possibilidade de não encontrar videiras em produção, dá para aprender muito sobre a elaboração vinífera diretamente da proprietária da vinícola, a enóloga Izanete Bianchetti Tedesco. Ao final, é claro, você pode experimentar os rótulos da casa – especialmente os produzidos com as uvas Barbera e Tempranillo. O passeio custa R$ 10.

Você pode agendar sua visita em qualquer dia da semana, mas é preciso ser cuidadoso e anotar bem as indicações porque você pode passar da entrada.

Contato/Agendamento: Estrada dos Vermelhos, Zona Rural, S/N, Lagoa Grande/PE http://www.vinhosbianchetti.com.br/%5Caempresa.asp (81) 40420008 izanetebt@gmail.com

TERROIR DO SÃO FRANCISCO/VINÍCOLA GARZIERA vinicola_garziera_montagem

Pioneira no enoturismo no Vale do São Francisco e uma das fazendas mais bonitas no Vale, a Garziera aos poucos retoma sua força na produção de vinhos finos. Atualmente são 4 hectares com as uvas Chenin Blanc, Cabernet Sauvignon e Moscato, utilizadas na elaboração dos rótulos GARZIERA Cabernet Sauvignon, GARZIERA Petit Syrah, GARZIERA Espumante Brut e GARZIERA Espumante Moscatel. Outro destaque da empresa é o suco de uva 100% integral Sol do Sertão, elaborado exclusivamente com uvas tipo Isabel, que garantem uma coloração mais clara e um sabor mais ácido à bebida. Você pode também visitar os parreirais ou só contemplar a impressionante vista do observatório panorâmico da vinícola. A área de desengace também é aberta ao público e, ao final, os visitantes podem degustar o suco e os rótulos Garziera, tudo acompanhado pela enóloga Solange Frazão. O passeio custa R$ 15.

Contato/Agendamento: Sítio Gado Bravo, s/n – Distrito de Vermelhos – Lagoa Grande –PE (87) 3869-9667

VINÍCOLA TERRANOVA/MIOLO

vinicola_terranova

Localizada no norte da Bahia, está o braço nordestino da Miolo com a Linha Terranova (tintos, espumantes e branco late harvest), Testardi e o Miolo Imperial, um brandy similar ao Osborne – antiga detentora da produção. A recepção é feita por um enólogo da empresa, o Rafhael Loura, que te leva por diversos setores e etapas produtivas.

vinicola_terranova_01

Uma descontraída aula de degustação com taças do Terranova Moscatel (campeão de vendas), o Terranova Shiraz e o Terranova late harvest branco da empresa, seguida de passagem pela guarnecida loja, fecham a visita. Difícil sair de mãos vazias. Tudo isso por R$ 10. Se você tem tempo extra e for pela tarde, dirija até o reservatório do município de Sobradinho/BA, com sua vista incrível para a estrutura da Chesf, o maior lago artificial da América do Sul e as estações de energia eólica da cidade. Marque sua visita em qualquer dia da semana, também às 9h ou às 14h, ligando para os números abaixo:

Contato/Agendamento: Fazenda Ouro Verde – BR 235, Km 40, Santana do Sobrado, Casa Nova/BA (74) 3536-1132 turismovov@miolo.com.br

MAPA

Todas as vinícolas abertas para visitação estão no mapa abaixo:

OS PASSEIOS ENOTURÍSTICOS

Mas… Se você não tá a fim de dirigir (pra beber à vontade) ou quer mais conforto, pode fazer dois roteiros turísticos emblemáticos, que oferecem uma experiência completa do melhor do Vale do São Francisco.

Rota das Águas aos Vinhos (Lagoa Grande) – R$ 170,00 – 8h às 15h

catamara_rio_sol_2

Além de visitar o campo, vinhedo, adega e loja, com almoço e degustação premium inclusos, o turista ainda passeia de catamarã pelo Rio São Francisco. É um open bar animado de espumante, com música dançante e uma parada para banho na Ilha de Ísis. A agência Opção Turismo te pega no hotel onde você está hospedado ou marca um ponto de encontro, então nem precisa se preocupar com o pilequinho.

Opção Turismo – www.opcaoturismo.tur.br. + 55 87 3862 1616.

Vapor do São Francisco (Casa Nova) – R$ 160 – 8h30 às 17h30

Após uma visita à Vinícola Terranova/Miolo, o turista segue até a barragem de Sobradinho – maior lago artificial da América do Sul – onde embarca no Vapor do São Francisco. A nova embarcação do projeto Vapor do Vinho comporta cerca de 200 pessoas, possui acessibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção, toboágua e até uma jacuzzi, que deve ser contratada à parte. O passeio conta com almoço (bebidas não inclusas) e uma parada na “Ilha da Fantasia”, um banco de areia localizado no centro do lago.

Vapor do São Francisco – www.vapordovinho.com.br. +55 74 9 8805 1809

Promotora: Taís Farias (link para whatsapp).

TÁ SEM CARRO?

Passeios diários às vinícolas e fazendas de uva e manga no Vale do São Francisco estão sendo operados pela agência CRIATur. O serviço, pioneiro e exclusivo na região, inclui transfer até as fazendas e fábricas. Os roteiros podem ser feitos a partir de 2 pessoas e inclui, nas produtoras de vinhos, uma recepção panorâmica, visita à área de desengace, laboratório, destilaria, barricas, além de uma aula rápida de degustação. Para mais informações, visite a fanpage da agência.

 

O que você achou deste assunto? Comente!

Comentários