Macchiato? Latte? Mocha? Qual a diferença? Com que sobremesa acompanhar? Neste post, entenda os detalhes de cada preparação de café e como melhor combiná-las com pratos doces.

Café preto com biscoitos de algaroba

Hoje, 24/05, é Dia do Café e é bom que eu já comece este post com uma verdade: pense numa bebida que combina com tudo! E não falo só de comida, mas de momentos: para despertar, para acompanhar um bate-papo descontraído ou uma reunião de trabalho, para relaxar, e, também, para aquecer a alma em dias frios.

Porém quando se trata de harmonizações, há algumas sobremesas que vão muito muito melhor com certos preparos da bebida quente. A seguir, entenda como são feitas as receitas mais famosas e sabia como acompanhá-las com sobremesas.

Café preto/filtrado/nero:

Café preto | filtrado

Feito com o grão torrado e moído passado em água quente por um filtro, o pretinho é o nosso preferido no Brasil e combina basicamente com tudo o que a gente quiser, né? Com a cafeína bombando (é o café com maior quantidade da substância), gosto de tomá-lo com pouco açúcar acompanhado de um bolo simples de trigo. Ou um bom bolinho de chuva, envolvo em açúcar e canela. Uma combinação mais ousada é o cheesecake de frutas vermelhas.

Espresso:

Café espresso

A diferença entre este e o filtrado é que o espresso é feito através da passagem de água quente (não fervendo) sob alta pressão pelo grão recém moído. Essa pressão dá aquele “corpo” que adoramos. Quando for tomá-lo, peça um bom petit gâteau ou até um macaron, desde que o recheio seja de alguma fruta vermelha docinha.

Latte: Feito com uma dose de café expresso e duas vezes o volume de leite quente, mais espuma de leite por cima, a indicação dos especialistas para harmonização é uma boa torta com creme custard (feito com ovos) de limão. Sabe aquelas tortinhas com base de biscoito e que não levam cream cheese? Boa também.

Cappuccino:

Cappuccino

Feito com 1/3 de café espresso, 1/3 de leite vaporizado e 1/3 de espuma de leite vaporizado. No Brasil convencionou-se colocar chocolate (ganache ou em pó) e canela, tornando-o praticamente em uma sobremesa! Caso o seu seja mais leve, peça um tiramisu ou um brownie que está tudo certo!

Macchiato: “Manchado” em italiano, trata-se de um espresso com uma pequena camada de espuma de leite por cima. Que tal um bom pudim de leite para acompanhá-lo? Ou um brigadeiro?

Café Pingado

Foto: Guia da Semana

Pingado: O oposto do macchiato – um toquezinho de café em um copo americano com leite quente. Mais brasileiro, impossível! Para ele, sugiro um sonho de padaria!

Americano: É um espresso com adição de água. Segundo o Shari’s Berries, boas combinações seriam um tiramisu ou donuts sem toppings muito doces.

CAFÉ QUE DISPENSA SOBREMESA:

Café Affogato

Affogato: Repleto de variações em sua receita (acima), é basicamente um espresso com uma generosa bola de sorvete de baunilha. Há quem adicione calda ou ganache de chocolate, chantilly, além de licores diversos.

Mocha: Feito com café espresso, ganache de chocolate, leite vaporizado e espuma de leite. O nome vem de uma região do Iêmen, no Oriente Médio. Já bastante doce, eu tomaria ele sozinho, sem mais nada!

Irish Coffee: Seguindo a receita original, junte café filtrado preto (ou espresso), uísque irlandês, creme de leite fresco e açúcar mascavo.

Ainda sobre café …

Acompanhei a produção artesanal de café com rapadura. Veja como foi!

O que você achou deste assunto? Comente!

Comentários